Perguntas Frequentes

  1. Quando começou o eTwinning?
  2. Quem pode participar?
  3. Que língua se deve usar no eTwinning?
  4. Como professor, o que posso fazer para preparar um projeto eTwinning em parceria?
  5. Onde e como posso encontrar escolas parceiras?
  6. Como registo o meu projeto?
  7. O que é o TwinSpace?
  8. O que posso fazer numa geminação eTwinning?
  9. O que são o SNA e o SCA (em inglês NSS e CSS)?
  10. Como me vai ajudar o portal de geminação eletrónica?
  11. Como professor, por que me deveria envolver e inscrever a minha escola?
  12. Necessito de ser um perito em tecnologias de informação e comunicação (TIC)?
  13. Como posso motivar a minha escola?
  14. Que países participam na ação eTwinning?
  15. Não pretendo continuar no projeto eTwinning. Como elimino o meu registo do Portal?
  16. Mudei de escola e gostaria de transferir o meu perfil para a minha nova escola. Como proceder?
  17. Resposta a outras perguntas no Portal Europeu.

 

 


1. Quando começou o eTwinning?
O eTwinning surgiu em 2005, integrado na ação do Programa de eLearning da Comissão Europeia. Em 2007, integrou o Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida (Life Long Learning) e, em 2014, o Erasmus +.
▲ [para cima]

2. Quem pode participar?
Um projeto  pode ser desenvolvido por dois ou mais professores, equipas de professores ou coordenadores de departamento, bibliotecários, membros dos órgãos de gestão e alunos das escolas da Europa. A colaboração pode ser desenvolvida numa área disciplinar ou transversal ao currículo, através da utilização das TIC.
Todas as escolas dos diferentes níveis de ensino – Pré-escolar, 1.º, 2.º e 3.º ciclos, Secundário e Profissional – podem participar, sendo dos 4 aos 19 anos o nível etário dos alunos.
▲ [para cima]

3. Que língua se deve usar no eTwinning?
Quando se regista no Portal eTwinning, pode usar qualquer língua, pois toda a informação está traduzida nas várias línguas dos países parceiros. Contudo, quando chega à parte relativa à ideia do projeto, não hesite em utilizar uma língua franca (por ex. inglês, francês). Esta informação não é traduzida, por isso, depende de si fazer-se entender mais facilmente pelos parceiros.
▲ [para cima]

4. Como professor, o que posso fazer para preparar um projeto em parceria eTwinning?
A partir do momento em que decide estabelecer uma geminação eTwinning, há dois aspetos básicos a ter em consideração: definir um tema e encontrar um parceiro. O ideal é que o tema seja suficientemente abrangente, de modo a desenvolver toda a sua potencialidade, tornando-se, desta forma, uma experiência pedagógica para toda a escola.
Antes de procurar uma escola parceira é conveniente refletir sobre os critérios de geminação. Por exemplo, se há preferências por uma faixa etária, por uma língua ou um país.
O projeto deve ser preparado cuidadosamente, considerando alguns aspetos de organização, tais como: interrupções letivas, visitas de estudo, horários, entre outros. Há que motivar o maior número possível de colegas e considerar a multidisciplinaridade. É fundamental não esquecer os alunos, para quem esta ação deve ser uma experiência emocionante e enriquecedora!
Poderá obter resposta para muitas das dúvidas que eventualmente lhe possam surgir continuando a visita a este sítio, ao portal europeu eTwinning ou explorando os materiais de autoaprendizagem que lhe disponibilizamos. Se mesmo assim as dúvidas persistirem, a equipa do Serviço Nacional de Apoio, composta por um grupo de professores e outros técnicos, estará sempre disponível para qualquer esclarecimento ou ajuda.
▲ [para cima]

5. Onde e como posso encontrar escolas parceiras?
Após o seu registo no portal europeu (www.etwinning.net), deve entrar no seu espaço pessoal, o eTwinning Live, onde pode encontrar eTwinners através dos fóruns  ou do menu "Pessoas". Aqui, poderá também fazer uma busca com base nos critérios que estabeleceu e encontrar o/s parceiro/s para o seu projeto. A partir daí, pode começar a viagem…
▲ [para cima]

6. Como registo o meu projeto?
Em “Projetos”, clique no ícone ”Criar novo projeto”. Adicione o professor com quem deseja fazer a parceria na secção “Meus Contactos”. Preencha o formulário (NB: apenas um parceiro pode preencher o formulário). Logo que tenha enviado o formulário, o parceiro eTwinner receberá uma mensagem a solicitar-lhe que aceite o seu pedido (para aceitar o pedido, o seu parceiro necessita de se ligar ao eTwinning Live e seguir as instruções). Logo que aceite, a informação é enviada aos respetivos Serviços Nacionais de Apoio que devem aprovar ou rejeitar o projeto no espaço de 7 dias. Logo que o projeto seja aprovado, poderá começar a usar o TwinSpace (espaço de trabalho do projeto).
Para incluir mais parceiros no projeto, adicione-os simplesmente ao seu projeto, já existente.
▲ [para cima]

7. O que é o TwinSpace?
Após aprovação do projeto, os parceiros têm um espaço virtual comum de trabalho, o TwinSpace.
No TwinSpace, os professores podem desenvolver o trabalho e colaborar. Cada projeto tem o seu próprio espaço (TwinSpace) privado, com acesso a partir do eTwinning Live dos parceiros e da primeira página do Portal.
O TwinSpace disponibiliza várias ferramentas para colaboração e comunicação, incluindo um espaço privado de chat aberto 24 horas (por exemplo, os seus alunos podem utilizar o chat com os seus parceiros, mesmo depois da escola, num ambiente seguro), uma sala de videoconferência, uma caixa de correio e fóruns. O projeto pode também armazenar materiais em pastas e ficheiros e utilizar o TwinSpace para troca de informação entre professores e alunos.
Os professores fundadores do projeto (professores que registaram o projeto) são automaticamente administradores do TwinSpace. Os alunos e outros professores podem ser convidados a serem membros do TwinSpace. Se desejar, pode transformar os membros em administradores (por ex. se quiser que os seus alunos sejam responsáveis pela estrutura e envio de trabalhos).
▲ [para cima]

8. O que posso fazer numa geminação eTwinning?
Em primeiro lugar, deve lembrar-se de que está a desenvolver um projeto eTwinning para, juntamente com os seus alunos, poder beneficiar do contacto com outras culturas – os outros professores estão a fazer exatamente o mesmo. Deverá fazer todos os possíveis para garantir que o projeto trará benefícios a todos os que nele se encontram envolvidos. No portal europeu encontrará ideias para projetos e/ou kits de projetos que o poderão ajudar.
Ao desenvolver um projeto eTwinning deverá:
a) Enquadrar as atividades no currículo nacional e no dos países dos seus parceiros;
b) Procurar semelhanças culturais. Se nos concentrarmos, logo no início, na partilha de experiências comuns, a vivência pode ser muito mais enriquecedora e agradável;
c) Discutir o projeto com os seus parceiros, colocando todas as questões e dúvidas que lhe surjam, e promover, desta forma, a sintonia entre todos;
d) Aceitar a diversidade. O verdadeiro valor dos projetos eTwinning advém da “fusão das mentes” e das experiências de aprendizagem partilhadas que ocorrem durante os mesmos.
▲ [para cima]

9. O que são o SNA e o SCA?
a) O Serviço Nacional de Apoio (SNA ou, em língua inglesa, National Support Service – NSS) é a estrutura que representa e promove o eTwinning a nível nacional. Cada SNA disponibiliza formação e apoio, organiza eventos e desenvolve campanhas de comunicação a nível regional e nacional. Para obter apoio, pode contactar o SNA PT (Serviço Nacional de Apoio de Portugal) diretamente, através do email etwinning@dge.mec.pt. No sítio nacional do eTwinning, ficará a conhecer as atividades promovidas pelo SNA PT.
O Serviço Nacional de Apoio tem uma página de Facebook.
b) O Serviço Central de Apoio (SCA ou, em língua inglesa, Central Support Service – CSS) é a estrutura europeia que coordena, em conjunto com a Comissão Europeia, a Ação eTwinning. O Serviço Central de Apoio do projeto eTwinning, sob responsabilidade da European Schoolnet, sediada em Bruxelas, é responsável pela coordenação dos Serviços Nacionais de Apoio e das atividades eTwinning. Para pedidos de apoio, contactar o serviço utilizando o correio eletrónico.
▲ [para cima]

10. Como me vai ajudar o portal de geminação eletrónica?
O portal europeu eTwinning e esta página nacional contêm toda a informação, ferramentas, materiais e documentos para preparar, planificar e desenvolver uma parceria eTwinning. Há também uma equipa nacional e uma europeia de ajuda para apoiar as atividades eTwinning e responder às dúvidas sobre aspetos pedagógicos.
▲ [para cima]

11. Como professor, por que me deveria envolver e inscrever a minha escola?
Em Portugal, o Decreto-Lei nº 55/2018, de 6 de julho, define claramente que, face aos desafios da sociedade hodierna, “é necessário desenvolver nos alunos competências que lhes permitam questionar os saberes estabelecidos, integrar conhecimentos emergentes, comunicar eficientemente e resolver problemas complexos.” O eTwinning pode ajudar de forma eficiente na concretização de novas dinâmicas de sala de aula e, como tal, de novas abordagens para ensinar e para aprender.
O eTwinning permite trabalhar os conteúdos curriculares, através de diferentes métodos pedagógicos, baseados, por exemplo,

  • em questões que orientem os alunos para investigação e análise;
  • no trabalho em equipas colaborativas, permitindo aos alunos escolherem as formas de encontrar e exibir informação, etc.;
  • na resolução de problemas;
  • na criação colaborativa literária, artística, técnica, científica, jornalística, ...

Subjacente à/s metodologia/s usada/s, deverá existir uma  forte associação entre o rigor académico e a criatividade no desenvolvimento e gestão do projeto pelos professores parceiros, bem como originalidade no tema do trabalho escolhido, o que, certamente, permitirá atingir o preceituado no “Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória”.

Assim, o eTwinning é um projeto:

  • para todos os grupos disciplinares e todos os níveis da escolaridade obrigatória;
  • flexível em tempo e em temas, pois os projetos podem ter a duração de uma semana, de um mês, de um ano letivo ou mais;
  • que ajuda a desenvolver o uso das tecnologias de informação e comunicação e fomenta o espírito de equipa de professores e alunos.

As escolas podem envolver equipas para desenvolver projetos eTwinning. Assim, a visibilidade do trabalho realizado tem maior alcance. O trabalho colaborativo entre alunos e docentes é uma mais valia para todos e o projeto eTwinning dá reconhecimento pelo trabalho realizado.
▲ [para cima]

12. Necessito de ser um perito em TIC?
Uma resposta simples e direta: “NÃO!”. Um dos objetivos da Ação eTwinning é o de desenvolver os conhecimentos dos professores no uso das TIC, levando-os a integrá-las na sua prática pedagógica diária. Os professores aprendem fazendo e beneficiam do conhecimento e competências das pessoas com as quais contactam, e ainda do sítio nacional e do sítio europeu. Podem sempre recorrer às equipas de ajuda dos SNA e do SCA que lhes proporcionarão apoio individualizado.
O eTwinning disponibiliza ajuda e suporte, em vários espaços. No portal europeu e no sítio nacional eTwinning poderá encontrar ajuda.
Para uma ajuda mais específica, poderá recorrer ao apoio dos embaixadores eTwinning.
Desta forma, irá verificar que as TIC são uma ferramenta útil que simplifica a cooperação internacional, assumindo-se como o meio mais rápido e eficaz de estar em contacto com os parceiros e uma forma poderosa de motivar os alunos.
▲ [para cima]

13. Como posso motivar a minha escola?
A motivação dos professores da escola/agrupamento varia em função da dinâmica já existente nessa instituição. Assim, ficam aqui algumas sugestões que poderão ser adaptadas de acordo com cada realidade.
Pode começar por dar visibilidade ao trabalho que desenvolve com os alunos no âmbito de um projeto eTwinning contando, para isso, com o apoio do órgão de gestão. Essa visibilidade pode ocorrer através da:

  • dinamização de um espaço na webPage/Moodle da sua escola/agrupamento onde apresente as atividades;
  • produção de artigos para o jornal escolar;
  • dinamização de um placard na sala de professores e/ou de alunos relativo/s ao projeto;
  • divulgação de informação do projeto no conselho pedagógico e, através deste, nos departamentos;
  • tentativa de envolvimento dos professores do conselho de turma, fazendo-os compreender a importância de organização de um trabalho interdisciplinar.

A visibilidade dada ao trabalho desenvolvido despertará, certamente, o interesse de outros professores que poderão recorrer a si para que os ajude a envolverem-se no eTwinning.
Pode, também, procurar criar uma equipa de professores com os colegas com quem já trabalha habitualmente (o conselho de turma pode ser uma boa escolha) e trocar ideias e materiais. Planifique com eles e mantenham as vossas atividades abertas e visíveis aos outros. Os seus alunos poderão ajudar neste processo, mais ou menos conscientemente, falando uns com os outros nos intervalos, e divulgando, também, o trabalho que realizam aos professores que não estão envolvidos.
Pode promover uma atividade de formação, convidando os colegas para uma sessão em que divulgue o eTwinning e em que mostre alguns exemplos de projetos e a facilidade com que é possível desenvolver uma parceria. Se não se sentir suficientemente à vontade para dinamizar uma sessão deste tipo, pode recorrer ao SNA, através de email, ou por intermédio dos Embaixadores da região a que pertence a sua escola/agrupamento.
▲ [para cima]

14. Que países participam na Ação eTwinning?
Em janeiro de 2019, o eTwinning integrava os países: Albânia, Alemanha, Áustria, Bélgica, Bósnia-Herzegovina, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Macedónia, Malta, Noruega, Polónia, Portugal, República Checa, Roménia, Suécia, Países Baixos, Reino Unido, Sérvia e Turquia (36 países). Faziam parte do eTwinnig Plus 8 países: Arménia, Azerbaijão, Geórgia, Jordânia, Líbano, Ucrânia, República da Moldávia e Tunísia.
▲ [para cima]

15. Não pretendo continuar no projeto eTwinning. Como elimino o meu registo do Portal?
Entre no seu eTwinning Live e aceda ao seu ‘Perfil’ para desativar a sua conta.
▲ [para cima]

16. Mudei de escola e gostaria de transferir o meu perfil para a minha nova escola. Como proceder?
Se mudou de escola e pretende atualizar o seu perfil, não edite a sua escola. Desta forma, todos os professores da sua escola antiga passarão para a sua nova escola, assim como todos os projetos que realizou na sua escola antiga ficarão identificados com o nome da nova escola. Deve adicionar uma nova escola. Desta forma, todo o seu historial no eTwinning ficará preservado e iniciará uma nova etapa.
▲ [para cima]