O eTwinning suporta o desenvolvimento de projetos online que, para além do espaço onde cada um deles se desenvolve (TwinSpace), faz uso de inúmeras ferramentas externas que podem ser incorporadas no TwinSpace.

Assim, a utilização da Internet de forma segura e responsável é uma das preocupações do eTwinning. Esta preocupação deve fazer parte das políticas de segurança da escola e não apenas dos projetos eTwinning, já que existem questões relativas ao trabalho na Internet que todos, professores e alunos, devem ter em consideração para estarem equipados em benefício próprio, desde a publicação de imagens às compras online.

Todos os cidadãos do mundo atual são também cidadãos do mundo digital, que necessitam de compreender quais os seus direitos e responsabilidades.

O centro de sensibilização SeguraNet, que em Portugal é da responsabilidade da Direção-Geral de Educação, disponibiliza um alargado de iniciativas, recursos educativos e materiais e conselhos para que as escolas se possam tornar lugares de maior segurança, quando se navega na Internet.

 

School Education Gateway disponibiliza informação e cursos com sugestões para a promoção de políticas digitais seguras

Como resultado de uma boa utilização da Internet, a escola pode candidatar-se à obtenção do Selo de Segurança Digital (eSafety Label). O selo de ferro, bronze, prata ou ouro será atribuído de acordo com o nível de segurança digital da escola, a par de outros fatores aferidos através do processo de avaliação.

O registo da escola no Portal eSafety, e o preenchimento de um formulário a respeito da política digital da escola, permitirá obter um relatório com sugestões de melhoria ao nível da segurança online.

O Selo de Segurança Digital, não sendo um requisito obrigatório, constitui um elemento favorável na candidatura da escola/do agrupamento à distinção de "Selo de Escola eTwinning".

O eTwinning oferece uma plataforma segura para que os profissionais de educação (professores, diretores, bibliotecários, etc.) que trabalham em escolas dos países europeus envolvidos possam comunicar, colaborar, desenvolver projetos e partilhar; em suma, sentir-se e fazer parte da mais estimulante comunidade de ensino na Europa.

Os professores que se registam no eTwinning são verificados pelo Serviço Nacional de Apoio (SNA) e são validados para poderem utilizar todas as funcionalidades do eTwinning.

No TwinSpace (espaço de trabalho de cada projeto), os professores decidem o que devem tornar público e o que deve permanecer privado, bem como quem tem a possibilidade de editar a informação:

Ts12

 

Tratando-se o eTwinning de uma comunidade que permite o desenvolvimento de projetos online, envolvendo alunos de diferentes escolas e países, é adequado que os pais sejam informados desse facto. O eTwinning não tem formulários oficiais a fim de que os pais dêem autorização para a divulgação de filmagens e fotografias, no âmbito do trabalho de um projeto, uma vez que cada país e cada escola se rege por políticas próprias. No caso de Portugal, pode descarregar [AQUI] um exemplo de formulário que poderá ser adaptado à situação de cada escola.

O código de conduta do eTwinning está acessível a partir do Portal, bem como informações relativas a:

  • Direitos e deveres: direitos e responsabilidades, privacidade e proteção de dados, direitos de autor.
  • Navegação online: redes sociais, os desafios da comunicação online fora do eTwinning, Dia da Internet Mais Segura.